| |

I Fórum de Direitos e Prerrogativas Farmacêuticas - CRF-RJ

As prerrogativas asseguram direitos que são constantemente violados.

No dia 16 de agosto aconteceu I Fórum de Direitos e Prerrogativas Farmacêuticas. A mesa de abertura contou com a presença da diretora do CRF-RJ, Dra. Talita Barbosa , da presidente da ABF, Dra. Aline Coppola Napp, do diretor da ABF, Dr. José Liporage Teixeira e da presidente da comissão de Direitos e Prerrogativas Farmacêuticas do CRF-RJ, Dra. Denielle Lopes.

Dando prosseguimento ao I Fórum de Direitos e Prerrogativas Farmacêuticas, os membros da Comissão de Ética do CRF-RJ, Dr. Ricardo Bordinhão e Dra. Ana Lucia Leitão Caldas, abordam o tema: " Ética na Profissão Farmacêutica"

Em sua palestra, o Dr. Ricardo Bordinhão, destacou que "todo farmacêutico que for ofendido ou deixar de ser respeitado em seus direitos e prerrogativas, pode denunciar na comissão de direitos e prerrogativas e na comissão de ética do CRF-RJ. O profissional tem que se valorizar e se posicionar".

Prerrogativas profissionais são garantias fundamentais criadas para assegurar o amplo direito de defesa no que concerne às atribuições privativas dos profissionais farmacêuticos previstas no Decreto Federal nº 85.878/81. As prerrogativas asseguram direitos que são constantemente violados.

As prerrogativas do farmacêutico embasam-se fundamentalmente nos direitos previstos na Resolução do CFF nº 596/14, dos quais se extraem as principais garantias para o exercício deste profissional. 

 

(17/08/2017)

Fonte: Conselho Regional de Farmácia do Rio de Janeiro 

Pin It

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS

Publicar comentário como convidado

0
  • Nenhum comentário encontrado

NO FACEBOOK